Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Berindeira Doce

Um blog que retrata uma vida (a minha) perfeita no meio de tanta imperfeição, entre desejos, sonhos, projectos e a realidade!

A Berindeira Doce

Um blog que retrata uma vida (a minha) perfeita no meio de tanta imperfeição, entre desejos, sonhos, projectos e a realidade!

Amor

Era um dia um miúdo que se viu apaixonado por uma rapariga diferente de tudo ao que estava habituado, alguém que lhe dava luta, que não se derretia de amores por ele, nem por ninguém, muito dona do seu nariz e que afirmava não precisar de mais ninguém além daqueles que viviam em sua casa, que se fechava e não dizia nada que fosse doce, era rude, dura, um pouco fria até, sabia o que queria e não se baixava perante ninguém, a sua opinião mantinha-se e tinha lemas muito bem definidos "Sou assim e não irei mudar nunca, quem gosta gosta, quem não gosta azar", mas este miúdo o que tinha de doce tinha de convicção, sabia muito bem o que sentia e foi pé ante pé derrubando aquele gelo todo para chegar onde queria.

 

Entretanto ela percebeu que mudar também significava evoluir, crescer e embora não tenha mudado a sua essência mudou a maneira de ver o Mundo, aprendeu a ser mais calma, menos orgulhosa, um pouco (mesmo pouquinho só) paciente, percebeu que por vezes podemos deixar entrar mais alguém na nossa vida e entrar também na vida das outras pessoas sem mudarmos o que somos, nem a forma como amamos os que já cá estavam, compreendeu que nem todos os que se aproximam é para nos fazerem sofrer, re-aprendeu a confiar mais e a acreditar neste amor, tão seu, tão doce.

 

Essa miúda era eu e o miúdo o meu H. que é hoje o meu grande amor sem dúvida alguma e é tão bom termos um amor daqueles que nos conquistou um dia e que nos vem conquistando diáriamente, com pequenos detalhes, que o são, mas que fazem de nós pessoas muito mais felizes, é hoje este homem que me acompanha de mãos dadas em todos os passos da minha vida esteja ou não de acordo e a quem eu agradeço muito a Deus por ter colocado no meu caminho, devolveu-me a força, devolveu-me a fé, devolveu-me a confiança nos outros, naqueles que me rodeiam.

 

Obrigada meu amor <3

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.