Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Berindeira Doce

Um blog que retrata uma vida (a minha) perfeita no meio de tanta imperfeição, entre desejos, sonhos, projectos e a realidade!

A Berindeira Doce

Um blog que retrata uma vida (a minha) perfeita no meio de tanta imperfeição, entre desejos, sonhos, projectos e a realidade!

De volta ao Ginásio!

Pois é, eu nunca fui adepta de exercício fisíco, fruto da preguiça, de não gostar de fazer nada que implique esforço ou dor, talvez até de em criança sempre ter sido muito protegida pela minha mãe e ter crescido a ouvir os tios a dizerem que eu nem sabia correr (os adultos infelizmente não sabem quando ficar calados), de não gostar que se rissem por não saber fazer as coisas.

Tenho este defeito de ser perfeccionista e quando não sei antes quero não fazer, embora saiba que não aprendo a fazer bem se não tentar mas é mais forte que eu, é como no Inglês, não sei e como não gosto de errar muitas vezes evito. Mas adiante.

O médico já me disse claramente que se não quero tomar calmantes e merdices para dormir tenho de fazer exercício, disse-o em 2012 e disse-o a última vez que lá fui. Claro que o facto de o ter reforçado ajuda-me a interiorizar que tenho de fazer qualquer coisa por mim, mas não foi isso que me fez avançar. Antes de ir de férias e fruto do ritmo do trabalho comecei a sentir um tremor junto à vista direita, pensei que passava, mas embora nas férias tenha aliviado, voltou, assim que regressei ao trabalho, junto a isso, esta terça-feira passei o dia com dores do lado esquerdo do peito, senti-a um aperto tão grande que tive de parar a meio do caminho para ver se me passava a dor, pensei que ia ter uma merda qualquer séria, fui à farmácia medir a tensão, a tensão estava boa mas a pulsação um bocadinho acelarada, (nada que não seja normal em mim), disseram-me que fosse ao hospital e questionaram-me se andava nervosa com alguma coisa, que podia ser ansiedade (ahhhhhhhhhh, pois, essa tipa que eu conheço tão bem).

Sai de lá e pensei, tenho 29 anos, não tenho idade para estas merdas, não quero tomar comprimidos a vida toda, sei qual é a solução, tenho de fazer alguma coisa por mim de uma vez por todas!

Sai do trabalho e disse ao meu H. que poodíamos parar no ginásio que ele queria ir ver, tinha aberto no dia antes, mas não me conquistou, só tem duas salas de aula, havia fila para as máquinas e o factor que tinha de ir de carro sempre e ainda fazer alguns klm não me convenceu. Pedi-lhe que fossemos a um ao pé de casa que eu já tinha ido ver sozinha e tinha gostado bastante. Ele visitou o ginásio e percebeu a minha preferência, tem piscina, tem 6/7 salas de aulas, tem muito mais máquinas, as pessoas são tratadas pelo nome e o preço é equivalente para quem paga um ano completo fica muito mais em conta, além disso dá para ir a pé de nossa casa, o que não nos condiciona quando há algum de nós com um programa que precisa de carro.

Resolvido, decidimo-nos pelo FitCenter, fomos ontem experimentar uma aula de Bikes, gostei da instrutora, viu logo que éramos novos, foi-nos ajudar a ajustar as bikes, deu-nos as explicações, reparou que eu levava uns calções normais e foi buscar-me uma toalha para colocar debaixo do traseiro (obrigada que se me dói assim nem imagino sem a toalha), passou a aula a perguntar-nos se estavamos bem e a incentivar-nos, a sala tinha apenas 1 Bike livre, ás 7 da manhã não me pareceu nada mal. Hoje não fomos, prefiro ir fazendo intervalado do que querer ir todos os dias e desistir depressa, voltamos amanhã! Dói-me o rabo e as pernas, tirando isso 5*!

 

Fica aqui o compromisso de que vou mexer o rabo, fazer mais por mim, até porque sinto que as pessoas que me rodeiam merecem isso, merecem que dê o meu melhor e eu própria mereço andar bem, feliz e não ter dores por estar ansiosa sem motivos! 

 

Obrigada pela sinceridade Dr. Ernesto 

Obrigada especialmente a ti, por me acompanhares sempre meu amor <3